Na era do videodança e do puxadinho

Depois do filme de Wim Wenders sobre Pina Bausch, uma mensagem fica no ar: fazer videodança agora ficou muito mais desafiador! Um brilhante cineasta + uma genial coreógrafa, no mínimo, dá um videodança incrível. Somado a isso ainda temos a tecnologia 3D e locações fantásticas para aportar as coreografias de Pina. Entenderemos isso como uma inspiração para novas ideias e soluções.

A tecnologia, cada vez mais presente no cotidiano, traz uma crescente visibilidade para essa nascente categoria. Para quem gosta do assunto, vale conhecer o perfil do Videodança Pesquisa, que constantemente está publicando novos vídeos.

Pensando nisso, selecionei alguns vídeos para vermos e continuarmos nos inspirando:

 

No clima de pesquisa, vale dar uma conferida no novo projeto Puxadinho, de Priscila Maia, Allyson Mendes e Bruno Levorin, com orientação de Marcela Levi. O site engloba textos, vídeos, fotos e ações próprias e de outros artistas que servem como material de referência para o projeto.

E você? O que acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s