Esther Weitzman apresenta “O Tempo do Meio” no novo projeto de ocupação do Teatro Cacilda Becker (RJ)

Espetáculo mais recente de Esther Weitzman e sua companhia, O Tempo do Meio apresenta uma trama de acontecimentos que nos remetem a uma diversidade de dinâmicas e sensações do tempo, como passagem e como instante. Para quem ainda não conferiu, o trabalho volta a ser apresentado como parte da programação do novo projeto de ocupação do Teatro Cacilda Becker (RJ), intitulado Danças de Todas as Tribos / Tribos de Todas as Danças (ver flyer acima).

Com um elenco bastante singular, composto pelos bailarinos Marcelo Lopes, Alexandre Bhering, Peter Mark (flyer), Vandré Vitorino e Mônnica Emílio, O Tempo do Meio representa uma nova abordagem de um tema recorrente na carreira da coreógrafa Esther Weitzman: as implicações, desdobramentos e conflitos da relação humana com o Tempo. Em crítica publicada no jornal O Globo (28/set/2012), Sílvia Soter aponta:

O meio, presente no título, não é apenas entendido como a distância entre dois pontos, mas também tratado como ambiente. A iluminação de José Geraldo Furtado e a cenografia de Leo Bungarten, apoiadas pela trilha sonora, são determinantes para que este ambiente se transforme e altere os corpos e as leituras possíveis da dança fazendo que, em alguns instantes, a cena prescinda até dos dançarinos. A boa integração entre ambiente e coreografia é mais um destaque deste delicado trabalho.

O Teatro Cacilda Becker fica na Rua do Catete, 338 – Largo do Machado – Rio de Janeiro.

E você? O que acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s