Pra quem está no Sul: circulação de solo de Marcos Klann + oficina de dança contemporânea ao ar livre em Curitiba (PR)

[Marcos Klann / foto: Jussara Belchior]

Com uma circulação que começou hoje, às 20h, em Chapecó (SC), o solo Werwolf, do bailarino-ator Marcos Klann, retoma seu discurso sobre a solidão (ver foto acima). O solo, contemplado pelo Prêmio Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura 2013, passará por 3 outras cidades catarinenses, além de Chapecó: Florianópolis (20-23/mar), Rio do Sul (28-29/mar) e Joinville (4-5/abr) (ver flyer abaixo). Todas as apresentações são gratuitas.

A relação de conflitos e percepções do corpo só ou acompanhado levou Marcos a criar metáforas da solidão. Conforme o bailarino-ator comenta:

O trabalho tem linguagem performática e teve seu ponto de partida na constatação da solidão presente nas redes sociais e no entendimento de que o modo como a solidão é percebida e sentida está relacionado às mudanças de comportamento social de cada época.

Marcos encontrou no livro “O Corpo em Crise”, de Christine Greiner, empatia bibliográfica e elegeu o termo alemão “werwolf”, usado durante a Idade Média, como território da obra. A palavra denota uma pessoa banida que perdeu seus direitos políticos e sociais, passa a ser considerada sub-humana e, por isso, exposta à vida nua. “Tem a ver com o não se adaptar a nenhum mundo, com a ideia de não pertencimento e de que o banido não tem direito ao convívio social”, explica o bailarino-ator.

Além das sessões de Werwolf, Marcos promoverá oficinas intituladas “Disponibilidade como Princípio Criativo” em cada cidade pela qual circulará com seu solo. Quem se interessar em participar das atividades, tem que se inscrever através do site do artista: www.marcosklann.com.

Em Chapecó, além da sessão de hoje, Marcos reapresenta Werwolf amanhã (8/mar), às 20h, no Teatro do SESC da cidade. O SESC Chapecó fica na Rua Brasília, 475 D – Jardim Itália – Chapecó (SC).

Por sua vez, a bailarina Clara da Costa (ver foto acima) leva sua oficina de Dança Contemporânea e Respiração a Curitiba (PR), com doze encontros a partir de 14/mar (sex). Com ênfase em foco, coordenação e confiança, a oficina propõe uma exploração do corpo e novas possibilidades de movimentação, expansão dos sentidos e das emoções, além da relação com o espaço e com o outro.

Com investimento de R$360 (que podem ser parcelados em até 3 vezes de R$140), os encontros acontecerão sempre às sextas-feiras (16h30 às 18h30), no gramado do Museu Oscar Niemeyer (Rua Marechal Hermes, 999 – Centro Cívico). Para mais informações, ligue para 3016-4716 ou 9915-4060 (Salve Lab – Galeria Tijucas, 911).

E você? O que acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s