Amanhã (30/mar) na ponte RJ-SP: oficina com Clara Lee Lundberg + “Sonoplásticos” + ode à OBRA na Casa de Zuleika

 

Amanhã (30/mar, às 16h) é dia da oficina Composição em Contato, com a artista Clara Lee Lundberg. Na sequência, haverá uma “jam” aberta ao público, a partir de 18h45. Ambas as atividades acontecerão no Centro Cultural Laurinda Santos Lobo, no bairro de Santa Teresa (Rio de Janeiro) (ver flyer acima).

Clara é coreógrafa, bailarina e performer com experiência internacional em oficinas e aulas de contato-improvisação, composição coreográfica e yoga, além de possuir trabalhos performáticos que problematizam questões de gênero nas artes cênicas. A oficina Composição em Contato abordará elementos de Tuning Score, técnica criada pela artista norte-americana Lisa Nelson a partir de relações entre corpo e espaço: sentidos em relação ao movimento, aprofundamento da escuta, toque na composição em tempo real. Serão estimuladas possibilidades criativas e interativas durante todo o encontro.

A oficina está dirigida a todas as pessoas que possuem experiência prévia em contato-improvisação, dança, teatro e/ou outras técnicas corporais – que tenham vontade de trocar, compartilhar, sentir, experimentar, elaborar, tocar e ser tocad@s juntamente com outr@s pesquisador@s de movimento. O valor da aula é estabelecido por cada participante através de uma “contribuição consciente” – forma de pagamento que permite a cada pessoa decidir o quanto vai pagar por um serviço recebido, de acordo com sua avaliação a respeito da qualidade, dos benefícios obtidos e de sua condição financeira atual.

Para saber mais, escreva para o e-mail clara@labellamaffia.com ou ligue para 21 9 6554-6896. O Centro Cultural Laurinda Santos Lobo fica na Rua Monte Alegre, 306 – Santa Teresa – Rio de Janeiro (RJ).

[Sonoplásticos, com a Cia. de Dança Contemporânea da UFRJ / foto: Julius Mack]

Um dos resultados do projeto Potências Sonoras do Corpo na Composição Cênica, coordenado pela professora Maria Inês Galvão (UFRJ), Sonoplásticos ganha uma apresentação amanhã (30/mar, às 18h), no Centro Coreográfico do Rio de Janeiro. A Cia. de Dança Contemporânea da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) conta com o apoio do Programa de Bolsas de Iniciação Artística e Cultural.

Conforme explica o texto de divulgação do espetáculo:

Corpos Sonoros. As partituras corporais expressam polaridades. A tensão dos gestos intensifica as sensações. Querer mover-se não se movendo. Entregar-se indo cada vez mais longe no espaço para alcançar o outro como a si mesmo. Ceder à força, peso sem perder a suavidade da forma. Criar o ritmo e alcançar a dança. Viver intensamente cada gesto como a eternidade de um instante.

Estão em cena Carina Barreto, Dandara Patroclo, Flávia Magalhães, Karina Lia, Michele de Paula Soares e Tathiana Braz – que também assinam a preparação corporal em colaboração com a professora Maria Inês. Sonoplásticos possui classificação indicativa livre, com ingressos a R$10 (inteira) e R$5 (meia-entrada).

O Centro Coreográfico do Rio de Janeiro fica na Rua José Higino, 115 – Tijuca – Rio de Janeiro (RJ).

Em São Paulo, a artista Estela Lapponi inaugura atividades em sua casa, chamada de CASA DE ZULEIKA, com o projeto “ode à OBRA” (ver flyer acima). O evento começou hoje e continua até amanhã (29 e 30/mar), com a proposta de estabelecer novas relações com o público, estimular o protagonismo de artistas com deficiência e angariar fundos para a reforma da casa-espaço-de-cultura.

Esta primeira edição do projeto “ode à OBRA” possui como tema o amor, a partir do qual cada artista convidad@ desenvolveu uma proposta de ocupação da Casa. Os trabalhos, que englobam diversos campos de expressão artística (de fotografia a performance, vídeo e instalação), são propostos pel@s seguintes artistas: Augusto Aneas, André Martins, Cynthia Domenico e Fernando Timba, Claudia Medeiros, Estela Lapponi e Neca Zarvos, Lia Jupter, Transclubecomoagente, Vitor Vieira e VJ Suave (tod@s abriram mão de seus cachês em prol da Casa).

O público é convidado a visitar a CASA DE ZULEIKA em turnos de 1 hora, em grupos de 20 pessoas no máximo. Amanhã haverá apenas 5 turnos de visitação. Durante o período, o público fica livre para circular pelos trabalhos conforme desejar… e sair quando quiser, mesmo antes de completar 1 hora. No quintal da casa, o BAR DA ZULEIKA oferecerá bebidas e guloseimas (com preços honestos e pagamento apenas em dinheiro).

Pra quem ficou a fim de conferir, os ingressos custam R$25 na porta (sem desconto de 50% para quaisquer categorias). Envie um e-mail para casadezuleika@outlook.com ou acesse a página da Casa no Facebook para saber mais detalhes.

 

 

 

 

E você? O que acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s