Na ponte RJ-SP: oficina com Rafaela Sahyoun + África Livre + “Principiar”

[Rafaela Sahyoun ministra oficina na Rampa (RJ) / foto: divulgação]

Amanhã (24/mai, 10h às 13h) tem oficina de dança contemporânea na Rampa – Lugar de Criação (RJ). Conduzida por Rafaela Sahyoun, artista paulistana que vive em Bruxelas (Bélgica), a oficina intitulada CORPO.CONTÉM conta com a participação do DJ Tales Mulatu.

Conforme explica a artista:

Através de um mapeamento corpóreo, testaremos diversas organizações do corpo no deslocamento espacial, com propostas de mini-sequências e sistemas de improvisação e composição. O foco é explorar o corpo/estado disponível, qualidade física e mental que nos permite transformar, adaptar, ceder, relacionar, agir e reorganizar a estrutura, num dançar atento às múltiplas informações internas e externas.

Para quem ficou interessad@, o investimento é de R$60. Saiba mais sobre o trabalho de Rafaela em: cargocollective.com/rafaelasahyoun.

A Rampa fica na Rua Sá Ferreira, 202 – Copacabana – Rio de Janeiro (RJ).

Também no Rio de Janeiro, hoje (a partir das 18h) começou a 2a. edição do África Livre, cujo objetivo é fomentar a difusão de manifestações culturais africanas com foco nas linguagens da dança e da percussão (ver flyer acima). O evento, que acontece até domingo (25/mai) na Fundição Progresso, é uma parceria entre a Cia. Babalakina – da bailarina-coreógrafa Aline Valentim – e a Guiné Projetos Culturais – dirigida pelo antropólogo e percussionista Leonardo Suave.

Nesta edição, África Livre concentra-se em diálogos sobre pan-africanismo e numa homenagem ao centenário do artista e intelectual Abdias do Nascimento e da poetisa Carolina Maria de Jesus – duas grandes referências na arte e política negra brasileira – além de apresentar toda uma variedade de atividades (desde rodas de conversa a festas e oficinas de dança e percussão).

Com investimento que varia entre R$10 (ingresso para a Festa Conexão Brasil-Guiné) e R$170 (2 dias de atividades de percussão e dança), África Livre recebe inscrições através do e-mail africalivre@outlook.com. Mais informações podem ser conferidas na página do evento no Facebook.

A Fundição Progresso fica na Rua dos Arcos, 24 – Lapa – Centro – Rio de Janeiro (RJ).

[Principiar, com a Anacã Companhia de Dança / foto: divulgação]

Primeiro espetáculo da Anacã Companhia de Dança, Principiar se concretizou a partir de um movimento de crowdfunding em São Paulo. Com formação principal em jazz dance, a companhia segue um trabalho de pesquisa de movimento desenvolvido por Edy Wilson, ex-bailarino do Grupo Raça. Principiar ganha breve temporada na Sala Sérgio Cardoso (Teatro Sérgio Cardoso (SP)) até este domingo (25/mai).

O espetáculo possui sessões às 21h (sex e sáb) e 19h (dom), com ingressos a R$40 (inteira) e R$20 (meia-entrada). Principiar tem classificação indicativa livre.

O Teatro Sérgio Cardoso fica na Rua Rui Barbosa, 153 – Bela Vista – São Paulo (SP).

E você? O que acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s