São Paulo em foco: inscrições abertas para participação em oficinas e grupos de estudo

Cia. Pé no MunDo / foto: Mariana Queen Nwabasili

Com o tema “A miscigenação brasileira, do social ao cultural”, a Cia. Pé no MunDo (ver foto acima) inicia dois grupos de estudos (um prático e um teórico) em julho na capital paulista. Os grupos contam o apoio do Programa de Valorização de Iniciativas Culturais (VAI) 2015, da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo.

O grupo de estudos prático será coordenado por Roges Doglas e Cláudia Nwabasili em torno do recorte “Dança Brasileira: da tradição à contemporaneidade”. Serão abordados elementos da dança popular brasileira, relacionando-a com diferentes manifestações culturais. No grupo, a Cia. Pé no MunDo ainda compartilhará suas próprias experiências no diálogo entre dança popular e dança contemporânea.

Por sua vez, o grupo de estudos teórico será facilitado por Mariana Queen Nwabasili com foco em “Miscigenação brasileira: diálogos, influências, contradições e experimentações”. O grupo propõe uma investigação de influências e cruzamentos presentes na construção da arte contemporânea brasileira, estabelecendo um diálogo entre o pensamento do antropólogo Darcy Ribeiro (através das matrizes tupi, lusa e afro) e de outros pesquisadores como Florestan Fernandes, Clóvis Moura e Mario de Andrade.

Os grupos de estudo se reunirão aos sábados (4 e 18/jul, 8 e 22/ago, 12 e 26/set), de 13h às 15h (grupo teórico), e de 16h às 18h (grupo prático). Quem desejar participar das atividades deve enviar enviar uma carta de interesse (com máximo de 15 linhas, incluindo nome, idade e telefone de contato) até amanhã (28/jun) para o e-mail oficinasciapenomundo@gmail.com.

A divulgação da lista de participantes selecionad@s acontecerá no dia 30 (ter). Será dada preferência a quem deseje participar de ambos os grupos de estudo (teórico e prático).

As atividades da Cia. Pé no MunDo serão desenvolvidas na sede da FUNARTE SP, localizada na Alameda Nothmann, 1.058 – Campos Elíseos (metrô Santa Cecília) – São Paulo (SP).

Cia. Fragmento de Dança / foto: Inês Correa

Também em São Paulo, a Cia. Fragmento de Dança promove a oficina Desenvolvimento e Gestão de Projetos Culturais, ministrada por Amaury Cacciacarro Filho no Kasulo Espaço de Cultura e Dança (Rua Sousa Lima, 300 – Barra Funda). A atividade, que conta com recursos do 16º Programa Municipal de Fomento à Dança para a Cidade de São Paulo, será desenvolvida nos dias 11, 12, 18 e 19/jul (sábados e domingos, 10h às 14h).

A oficina se concentra nas principais etapas envolvidas num processo de produção de artes cênicas, e é dividida em dois módulos: Oficina de Projetos Culturais e Gestão de Projetos (11 e 12/jul); e Panorama de Circuitos Internacionais de Dança (18 e 19/jul). As inscrições são gratuitas e devem ser efetuadas até 3/jul (sex) através do envio de um CV breve + carta de interesse para o e-mail producaociafragmento@gmail.com – é importante indicar se o interesse de participação é em um ou nos dois módulos.

As/Os selecionad@s serão comunicad@s por e-mail no dia 6 (seg).

Sobre Amaury Cacciacarro Filho: diretor geral do Festival Contemporâneo de Dança de São Paulo, diretor da Fractal Produção Cultural e sócio do Estúdio Nave. Em 2008, recebeu o prêmio APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte) na categoria de Produção, Formação e Difusão em Dança. Nos últimos anos, idealizou e coordenou diversos projetos em dança, tais como Conexões – projeto de ocupação do Complexo Cultural FUNARTE (Sala Renée Gumiel) (2013), além de atuar como membro de comissões de seleção de projetos culturais em instituições públicas e privadas. Amaury é graduado em Arquitetura pela Faculdade de Belas Artes de São Paulo, com pós-graduação em Administração pela FAAP (Fundação Armando Alves Penteado) e especialização em Marketing na ESPM (Escola Superior de Propaganda e Marketing).

Cia. Perversos Polimorfos / foto: Fabio Furtado

No SESC Belenzinho, a Cia. Perversos Polimorfos (ver foto acima) recebe inscrições para uma oficina de compartilhamento e desenvolvimento de ferramentas de criação em dança nos dias 16 e 17/jul (15h às 19h). Intitulada A Mente como Corpo Coreográfico, a atividade possui 20 vagas e é dirigida a bailarin@s, estudantes de dança, atrizes/atores, performers e pessoas interessadas em trabalhos de consciência corporal.

Quem se animou deve se inscrever até 10/jul (sex) através do e-mail perversospolimorfos@belenzinho.sescsp.org.br. As/Os selecionad@s serão comunicad@s até o dia 14.

O SESC Belenzinho fica na Rua Padre Adelino, 1.000 – Belenzinho (metrô Belém) – São Paulo (SP).

 

E você? O que acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s